Período: 06/07/2018  à  06/07/2020

Coordenador: Elisa Pinto da Rocha

 

Resumo:
Atualmente, a cidade de Macaé trata 40% do esgoto produzido, com algumas estações de tratamento de esgoto existentes no momento, operantes, segundo a Secretaria Adjunta de Saneamento, (2017). O excesso de matéria orgânica presente nos esgotos domésticos promove o impacto ambiental causado na atmosfera (geração de gases) e nos rios, podendo até, chegar ao fim de um ecossistema. Torna-se necessário discutir de forma aprofundada a melhoria das ETE’s não apenas como forma de mitigar impactos ambientais urbanos e rurais, mas também pensando na expansão da atuação das ETE’s como produdora de energia por meio da geração de gás combustível proveniente dos esgotos, podendo este ser consumido como fonte direta de calor ou transformado em energia elétrica. Diante do exposto, professores e alunos dos cursos de Engenharia (Mecânica, Civil e Produção) da UFRJ campus Macaé em conjunto com a comunidade e funcionários da Prefeitura Municipal de Macaé podem trocar conhecimento conscientizando a população da relevância da conservação ambiental e avanço da energia renovável, por meio de proposta de melhorias e adaptações na ETE’s da zona rural da cidade de Macaé.

UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ