UFRJ pesquisa perfil étnico-racial dos servidores

Pesquisa servirá para a criação de políticas de enfrentamento às assimetrias raciais na instituição. Participe!  

      Elucidar a existência de práticas sociais que historicamente aprofundam a desigualdade entre brancos e negros. Esse é o objetivo da pesquisa “Traçando o Perfil Étnico-Racial/Gênero dos Servidores Docentes e Técnico-Administrativos em Educação da UFRJ”. A ideia é construir um mapa que possibilite um diagnóstico sobre o tema entre os servidores públicos da instituição.

     A iniciativa é fruto de parceria de três órgãos da Universidade: a Pró-Reitoria de Pessoal (PR-4), a Ouvidoria e o Núcleo de Estudos de Políticas Públicas em Direitos Humanos (Nepp-DH). Com a pesquisa, também será possível atualizar o número de servidores com deficiência na UFRJ.

      pesquisa etno racia2l

“Tal levantamento ajudará a desenvolver políticas de enfrentamento às assimetrias raciais e em relação às pessoas com deficiência em nossa instituição. A partir dele será possível cumprir metas estabelecidas por políticas nacionais – tais como o Estatuto das Pessoas com Deficiência e o Estatuto da Igualdade Racial – e acordos internacionais – como a Declaração de Durban e a Década Internacional de Afrodescendentes, da ONU”

— Vantuil Pereira, diretor do Nepp-DH

Para responder ao questionário, basta optar pelo segmento de atuação na UFRJ: servidor docente ou técnico-administrativo em Educação. A pesquisa fica aberta até 28/2/2021. Participe!

 

Fonte: Portal UFRJ - Por Victor França

UFRJ Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade - NUPEM/UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ