302 Found

Found

The document has moved here.

25 anos do Instituto NUPEM/UFRJ

Neste ano, o Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade irá comemorar os seus 25 anos e para celebrar esta trajetória tão especial para a cidade de Macaé, para a UFRJ e para educação no país, o NUPEM/UFRJ irá realizar, durante o ano, uma série de eventos na instituição. Ao longo de mais de duas décadas, o NUPEM/UFRJ se expandiu e ganhou forte respeitabilidade e notoriedade no Norte Fluminense, como um importante polo de geração de conhecimentos e de atração de pesquisadores interessados em realizar pesquisas de caráter interdisciplinar com um forte viés socioambiental. O NUPEM/UFRJ agora consolida-se como uma Unidade madura e apta para enfrentar as transformações acadêmico-científicas que se apresentam à sociedade no início do século XXI.

 

Links rápidos sobre os 25 anos do NUPEM/UFRJ

 

nupem 25 final

O Instituto NUPEM/UFRJ foi criado a partir do interesse de pesquisadores em compreender a ecologia das lagoas costeiras da região Norte Fluminense no início da década de 1980. Por intermédio do Projeto EcoLagoas, em parceria com a Petrobrás e a Prefeitura Municipal de Macaé, o NUPEM/UFRJ estabeleceu sua primeira sede no Parque de Exposições Latiff Mussi Rocha, em Macaé. Nesse local foram construídos um laboratório, cozinha e quatro suítes, nascendo oficialmente o Núcleo de Pesquisas Ecológicas de Macaé, em 1994. Além do Laboratório de Limnologia da UFRJ, outros grupos de pesquisa também passaram a utilizar as instalações do NUPEM/UFRJ para a realização de suas atividades. Nesta época começaram a ser ministradas algumas disciplinas de campo da UFRJ no Norte Fluminense, com suporte das instalações do NUPEM/UFRJ.

 

barracas

Movido por suas atividades de pesquisa na região, o NUPEM/UFRJ liderou o movimento científico e social para criação de uma Unidade de Preservação no Norte Fluminense. Este movimento, iniciado na década de 1980 quando cientistas passaram a desenvolver pesquisas nessa região e constataram o elevado grau de preservação, a elevada biodiversidade e o enorme potencial da Restinga de Jurubatiba para estudos científicos, culminou com a criação do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba em 29 de abril de 1998.

Para atender à crescente demanda por espaços físicos para a realização de pesquisas, cursos de graduação e para atividades de extensão, as instalações do NUPEM/UFRJ foram sendo gradativamente ampliadas. Em 1998, o NUPEM/UFRJ passou a ser uma base avançada do Instituto de Biologia da UFRJ, e assim novos pesquisadores foram incorporados à visão interdisciplinar da instituição, que na época era ainda muito incipiente no Brasil.

O NUPEM/UFRJ continuou expandindo suas atividades de pesquisa e extensão e uma nova sede, construída pela Prefeitura Municipal de Macaé, foi inaugurada em 10 de março de 2006. Esta nova sede abriga, desde então, laboratórios, um auditório, uma biblioteca, salas de aula, gabinetes de docentes, cozinha, laboratório de informática com acesso à internet e alojamentos para pesquisadores visitantes. Neste mesmo ano, o NUPEM/UFRJ passou a sediar o primeiro curso de graduação em um campus avançado da UFRJ, vinculado ao Instituto de Biologia.

Em setembro de 2009, o NUPEM/UFRJ inaugurou um novo bloco estrutural, edificado com o apoio do Ministério da Educação, a fim de fomentar o desenvolvimento do curso de Ciências Biológicas e atender mais adequadamente ao corpo docente em crescimento. Apesar da estrutura predial do NUPEM/UFRJ não ter sido expandida substancialmente desde então, os aproximadamente 50 pesquisadores que hoje em dia atuam na instituição representam um crescimento ímpar, de caráter multidisciplinar, em um período relativamente curto de tempo. Essa situação, de interação positiva entre diversas áreas do conhecimento, não poderia ter sido prevista pelo grupo de pesquisadores pioneiros que levaram a UFRJ para o interior do Estado na década de 1980.

 

historico8

 

Em 2018, o NUPEM protagonizou um momento histórico para a UFRJ: foi aprovada, no Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro, em sessão especial, a proposta de mudança de status acadêmico e administrativo do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé. A consagração do NUPEM/UFRJ enquanto Instituto  resulta de um processo de amadurecimento institucional ao longo de cerca de 30 anos de história. Essa mudança reflete a realidade atual e a vocação da instituição, reconhecida pela qualidade do ensino de graduação, de pós-graduação, e na produção de conhecimento científico, integrado à extensão e com forte inserção social. A mudança do status acadêmico e administrativo do NUPEM/UFRJ reflete o caminho natural de uma instituição em crescimento, que agora passa a funcionar como uma unidade acadêmica plena, com organização, estrutura e meios necessários para desenvolver, com autonomia e gestão própria, as atividades de ensino, pesquisa e extensão. 

 

consuniH

 

“O ano de 2019 promete ser um marco da consolidação do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade com diversos eventos ao longo do ano contando com a visita de  pesquisadores e alunos de várias partes do mundo. Envolveremos também os alunos dos cursos de graduação e pós-graduação do NUPEM/UFRJ,  membros da comunidade do Barreto, autoridades municipais, estaduais e federais em atividades diversificadas. É um momento ímpar em nossa história e de toda Universidade Federal do Rio de Janeiro". (Prof. Dr. Rodrigo Nunes da Fonseca , diretor do Instituto NUPEM/UFRJ).

O vice-diretor da instituição, um dos fundadores do NUPEM/UFRJ, Prof. Dr. Francisco de Assis Esteves, avaliou este momento histórico:

“O NUPEM/UFRJ vem trilhando, há mais de 2 décadas , um modelo extremamente favorável à geração de conhecimentos científicos de alto impacto e à formação de recursos humanos altamente qualificado -  o que tem sido admirado, valorizado e tomado como modelo para várias outras instituições de pesquisa e ensino no país. Neste momento tão especial, eu gostaria de parabenizar a comunidade do NUPEM/UFRJ, os servidores que lutam em seu dia a dia pelo Instituto e, mesmo em meio a tantas dificuldades, têm sido vitoriosos em suas missões. Os 25 anos de fundação do Instituto NUPEM/UFRJ são motivo de júbilo e comemoração - não só pela comunidade do Instituto, mas também pelo Centro de Ciências da Saúde, pela UFRJ e pelo Brasil, pois a instituição tornou-se um habitat da integração de saberes das ciências antes fragmentadas e da promoção do desenvolvimento social e ambiental em uma das regiões mais impactadas do Brasil pela economia do petróleo”.

 

posse

Instituto NUPEM/UFRJ empossa diretores para gestão 2018-2022

 

A marca da comemoração pelos 25 do Instituto NUPEM/UFRJ (exibida no início da matéria), que estará em todos os produtos alusivos aos 25 anos do Insituto NUPEM, foi criada pelo professor Américo de A. P. Júnior, mestre e doutor em Educação em Ciências e Saúde pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), bacharel em Psicologia pela Universidade Católica de Petrópolis e bacharel em Desenho Industrial (Design - Programação Visual) pela UFRJ. Professor Américo, responsável pela elaboração do símbolo do Instituto NUPEM/UFRJ,  falou sobre  a marca e este momento histórico para a  instituição:

“Originalmente, a ideia da marca do NUPEM/UFRJ foi desenvolvida em termos de mostrar a dinâmica relação entre os elementos do ecossistema da região, além de fazer alusão à indissociabilidade histórica, no NUPEM/UFRJ, entre ensino, pesquisa e extensão. Essa marca eu desenvolvi em meados de 2009, quando fui bolsista de extensão do Projeto Polen. Foi nesse projeto que pude realizar verdadeiramente a minha iniciação científica e onde pude consolidar meus interesses profissionais pela academia. Hoje, após dez anos de criação da marca, retorno como docente ao NUPEM/UFRJ, agora com o nome de Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade. Fico muito feliz por perceber os avanços das ações de pesquisa, ensino e extensão, bem como da expansão das áreas de conhecimento desse instituto, que tem seu DNA interdisciplinar cada fez mais expresso em suas atividades. É bastante prazeroso observar ciência e educação irradiando pelas salas e corredores do instituto. Diante disso, entendo que as atividades do NUPEM/UFRJ e sua identidade visual convergiram para uma maior unidade. Por essa razão, as mudanças na marca foram poucas. Estas consistiram da inclusão da informação sobre os 25 anos e da apresentação do novo nome do instituto, sem abrir mão do nome já reconhecido pela comunidade local, um de nossos principais parceiros nessa trajetória."

 

reuniaodireçaoadjunta

 

Fique atento ao nosso calendário de eventos e participe das nossas comemorações!

 

Links

minerva verde      CampusMacae verde      ouvidoria verde     intranet verde     Sigma verde    superEst verde     CAPES verde       cnpq verde     FAPERJ verde

UFRJ Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade - NUPEM/UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ