Coleção de Mamíferos do NUPEM-UFRJ contribui para maior base de dados de variação individual de mamíferos da Mata Atlântica

Publicação da  revista Ecology compilou a  variação de massa corporal de 279 espécies de mamíferos e mais de 39 mil indivíduos em toda a Mata Atlântica do Brasil, Argentina e Paraguai.

No cotidiano, muitas pessoas se preocupam com seu peso e procuram mantê-lo controlado por vários motivos, um deles é a manutenção de uma boa saúde. Nos demais mamíferos, assim como nos seres humanos, a massa corporal é um importante indicador fisiológico que influencia a sobrevivência em ambientes que tenham sofrido mudanças causadas pelas atividades humanas.

Graças à capacidade dessa medida corporal de revelar dados importantes para a ciência, um trabalho recém-publicado na revista americana Ecology compilou a grande variação de massa corporal de 279 espécies de mamíferos e mais de 39 mil indivíduos em toda a Mata Atlântica do Brasil, Argentina e Paraguai. O artigo contou com a contribuição dos pesquisadores Pablo Rodrigues Gonçalves e Caryne Braga (bolsista de Pós-Doutorado do projeto PELD-RLac) do NUPEM-UFRJ e de mais 94 pesquisadores de várias instituições nacionais e estrangeiras. Os dados do Norte Fluminense foram coligidos principalmente a partir dos espécimes depositados na Coleção de Mamíferos do NUPEM (UFRJ). Estes animais são provenientes das pesquisas de monitoramento de animais atropelados nas rodovias da região e do Projeto de Longa Duração de Restingas e Lagoas Costeiras (PELD-RLaC).

O estudo demonstra uma enorme variação de massa corporal entre as espécies de mamíferos na Mata Atlântica (Figura 1), mas mesmo dentro da mesma espécie a variação de massa pode chegar a até 5 vezes. Por exemplo, um gato do mato (Leopardus guttulus) que vive na floresta da Reserva Biológica União em Rio das Ostras (RJ) chega a ser quase 2 vezes mais pesado do que os gatos-do-mato de restingas de Santa Catarina.

Para o levantamento, foram utilizadas informações de capturas espalhadas por 388 populações com informações morfológicas de 16.840 indivíduos de 181 espécies de mamíferos terrestres e de 23.010 indivíduos de 98 espécies de morcegos. Esse é o maior compilado de informações individuais de mamíferos em um único bioma.

O trabalho é parte de uma grande iniciativa, denominada ATLANTIC-SERIES, coordenada pelos professores Dr. Mauro Galetti (LABIC-Unesp) e Dr. Milton Ribeiro (LEEC-Unesp). O principal objetivo dessa série de estudos é disponibilizar grandes bancos de dados sobre a biodiversidade na Floresta Atlântica para viabilizar pesquisas de cientistas do mundo todo sobre conservação, macroecologia e evolução de mamíferos. A equipe de mastozoologia do NUPEM, coordenada pelo professor Pablo R. Gonçalves, está contribuindo ativamente para essa série de bancos de dados a partir dos resultados do projeto PELD-RLac e do material da Coleção de Mamíferos do NUPEM.

 revistaEcology

Figura 1. Distribuição dos valores de massa corporal de mamíferos da Mata atlântica da América do Sul. A linha tracejada representa 1 kg.

 

Clique aqui e confira o artigo na íntegra em inglês.

 

Gonçalves, F.Bovendorp, R. S. Beca, G. Bello, C. Costa-Pereira, R. Muylaert, R. L. Rodarte, R. R. Villar, N. Souza, R. Graipel, M. E. Cherem, J. J. Faria, D. Baumgarten, J. Alvarez, M. R. Vieira, E. M. Caceres, N. Pardini, R. Leite, Y. L. R. Costa, L. P. Mello, M. A. R. Fischer, E. Passos, F. C. Varzinczak, L. H. Prevedello, J. A. Cruz-Neto, A. P. , Carvalho, F. Percequillo, A. R. Paviolo, A. Nava, A. Duarte, J. M. B. Sancha, N. U. L. Bernard, E. Morato, R. G. Ribeiro, J. F. Becker, R. G. Paise, G. Tomasi, P. S. Velez-Garcia, F. Melo, G. L. Sponchiado, J. Cerezer, F. Barros, M. A. S. Souza, A. Q. S. Santos, C. C. Gine, G. A. F. Kerches-Rogeri, P. Weber, M. M. Ambar, G. Cabrera-Martinez, L. V. Eriksson, A.F. Silveira, M. Santos, C. F. Alves, L. Barbier, E. Rezende, G. C. Garbino, G. S. T. Rios, E. O. Silva, A. Nascimento, A. T. A. Carvalho, R. S. Feijo, A. Arrabal, J. Agostini, I. Lamattina, D. Costa, S. Vanderhoeven, E. Melo, F. R. Laroque, P. O. Jerusalinsky, L. Valenca-Montenegro, M. M. Martins, A. B. Ludwig, G. Azevedo, R. B. Anzoategui, A. Silva, M. X. Moraes, M. F. D. Vogliotti, A. Gatti, A. Puttker, T. Barros, C. S. Martins, T. K. Keuroghlian, A. Eaton, D. P. Neves, C. L. Nardi, M. S. Braga, C. Goncalves, P. R. Srbek-Araujo, A. C. Mendes, P. Oliveira, J. A. Soares, F. A. M. Rocha, P. A. Crawshaw Jr, P. Ribeiro, M. C. Galetti, M. 2018. Atlantic Mammal Traits: a dataset of morphological traits of mammals in the Atlantic Forest of SouthAmerica. Ecology.

Links

minerva verde      CampusMacae verde      ouvidoria verde     intranet verde     Sigma verde    superEst verde     CAPES verde       cnpq verde     FAPERJ verde

UFRJ NUPEM - Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Sócio-ambiental de Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ