Estudante do 12º período de Medicina do Campus da UFRJ-Macaé é aprovado no curso de Pós- graduação em Princípios e prática da pesquisa Clínica na Universidade de Harvard. O bom desempenho do aluno David Richer Araujo Coelho reforça a importância do ensino superior público, gratuito, de qualidade para a formação de profissionais de excelência e integrados ao mundo em busca de soluções dos problemas para qualidade de vida da população.

"Estudar em Harvard é um sonho que se torna realidade. Eu não poderia estar mais feliz!" disse o estudante. "Vindo de São Pedro da Aldeia, sou o primeiro da família a ir para a faculdade. Minha mãe é dona de casa e meu pai trabalha com reciclagem. Me formo médico pela UFRJ em maio e estou fazendo um intercâmbio de 3 meses na Florida International University, em Miami, nos EUA. Terei o privilégio de estudar numa das melhores universidades do mundo." salientou.

David foi aprovado com bolsa para o curso de pós-graduação em Harvard em pesquisa clínica (Principles and Practice of Clinical Research - PPCR) que acontecerá em formato online com alguns encontros presenciais a depender da pandemia. As aulas começam esta semana na quinta, 25 de março, e vão até 28 de outubro.
O aluno agradeceu as pessoas que o ajudaram ao longo dessa caminhada, desde a escola até a universidade: família, amigos e professores, com suporte acadêmico, emocional ou financeiro. Agradeceu também a oportunidade que na Iniciação Científica (IC) com a professora Lilian Bahia e o professor Joelson Rodrigues.

"Participar da IC foi muito importante para eu ter sido aprovado para o curso da pós-graduação em Harvard. Durante minha trajetória na pesquisa, pude interagir com outros grupos aqui no Brasil, como na UFRJ Fundão e na FIOCRUZ no Rio e em Belo Horizonte. Tive trabalhos sendo aceitos em congressos internacionais, fiz parcerias com professores e alunos da Universidade da Califórnia em Davis, nos EUA, e estou trabalhando na elaboração de papers. Todos esses fatos contribuíram para meu processo de autoconfiança tão importante para acreditar que eu seria capaz de estudar em uma universidade no exterior. Assim, gostaria de ressaltar a importância de se ter mais laboratórios de pesquisas no Campus de Macaé, como laboratórios para trabalhar com material biológico de seres humanos, porque eu tive que sair para vivenciar laboratórios de pesquisas em outros lugares. Gostaria que outros estudantes da UFRJ-Macaé pudessem ter a mesma vivência de pesquisa que tive. Nessa oportunidade gostaria de agradecer: Professor Rogerio Panizzutti e Anna Guimarães do IPUB, professora Regina Amendoeira e Igor Falco da FIOCRUZ no Rio e o professor Olindo Assis Martins Filho e a professora Juliana Mambrini do Instituto René Rachou da FIOCRUZ em Belo Horizonte." relatou David.

A direção-geral e a comunidade acadêmica do Campus UFRJ Macaé parabenizam David Richer Araujo Coelho por essa conquista, com os votos de sucesso na construção dos seus sonhos profissionais!

Texto: Cristiane Pires Teixeira

Foto: Arquivo Pessoal

UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ