Conscientes da responsabilidade em formar profissionais conforme as Diretrizes do MEC para o Curso de Ciências Biológicas - Resolução CNE/CES 7, de 11 de Março de 2002 e o Parecer CNE/CES 1.301/2001, porém, sem perder de vista as exigências do mercado de trabalho, as necessidades da sociedade, o avanço científico e tecnológico, esta Instituição traça o perfil profissiográfico desejado para o Bacharel do Curso de Ciências Biológicas, compreendendo que no exercício de suas atividades como profissional ele deverá ser:

  • generalista, crítico, ético, e cidadão com espírito de solidariedade;
  • detentor de adequada fundamentação teórica, como base para uma ação competente, que inclua o conhecimento profundo da diversidade dos seres vivos, bem como sua organização e funcionamento em diferentes níveis, suas relações filogenéticas e evolutivas, suas respectivas distribuições e relações com o meio em que vivem;
  • consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em benefício da conservação e manejo da biodiversidade, políticas de saúde, meio ambiente, biotecnologia, bioprospecção, biossegurança, na gestão ambiental, tanto nos aspectos técnico-científicos, quanto na formulação de políticas e de se tornar agente transformador da realidade presente, na busca de melhoria da qualidade de vida;
  • comprometido com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critérios humanísticos, compromisso com a cidadania e rigor científico, bem como por referenciais éticos legais;
  • consciente de sua responsabilidade como biólogo, nos vários contextos de atuação profissional;
  • apto a atuar multi e interdisciplinarmente, adaptável à dinâmica do mercado de trabalho e às situações de mudança contínua do mesmo;
  • preparado para desenvolver ideias inovadoras e ações estratégicas capazes de ampliar e aperfeiçoar sua área de atuação;
  • capaz de buscar aperfeiçoamento e atualização constantes, de participar de eventos científicos e prospectar o futuro de forma positiva e criativa;
  • capaz de comunicar com segurança as suas ideias e experimentos baseados em fundamentos científicos;
  • compromissado com as questões ambientais e sociais, respeitando as diversidades culturais, religiosas, raciais, dentre outras;
  • capaz de estabelecer relações interpessoais e liderança, de maneira democrática, respeitando a coletividade grupal e, simultaneamente, as individualidades, bem como as diversidades naturais de qualquer ambiente de trabalho;
  • sensível às necessidades das camadas menos privilegiadas da população, desenvolvendo serviços, pesquisas e projetos específicos, de base comunitária, que minimizem os problemas que as afligem.
UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ