Incentivo à alimentação complementar adequada à lactentes assistidos na rede básica de saúde do Município de Macaé

Período: 01/03/2015 à 28/02/2016

Coordenador: Jane de Carlos Santana Capelli

Resumo:
A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) tem como um dos eixos estratégicos a Promoção da Alimentação Complementar Saudável (PACS), que perpassa pelo Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) e pela Segurança Alimentar e Nutricional (SAN). A Estratégia Nacional para Alimentação Complementar Saudável (ENPACS) constitui-se em um instrumento que visa fortalecer as ações de apoio e promoção à alimentação das crianças entre 6 e 24 meses no contexto da Atenção Primária à Saúde do SUS bem como incentivar a orientação alimentar para esta faixa etária como atividade de rotina nos serviços de saúde. Nas unidades de saúde, ainda é um grande desafio por parte do profissional de saúde a condução do processo de introdução de alimentos complementares de maneira a auxiliar adequadamente mães e cuidadores. Profissionais da rede de saúde devem estar atentos às necessidades de saúde e nutrição da criança, apoiar a mãe e à família nas possíveis inseguranças no cuidado com a criança. Isto vai exigir, portanto, por parte destes profissionais, grande sensibilidade e vigilância adicional para garantir o vínculo e a continuidade do cuidado. Objetivo principal: Promover práticas alimentares saudáveis aos lactentes usuários das Estratégias de Saúde da Família Macaé. Metodologia: Serão realizadas oficinas de capacitação ou atualização e atividades educativas nas Estratégias de Saúde da Família voltadas aos profissionais de saúde bem como para a comunidade local. Três bolsistas apoiarão o desenvolvimento das atividades juntamente com a equipe de docente de trabalho.

UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ