A extensão como ferramenta de popularização do universo da pesquisa experimental

Período: 06/03/2017  à  06/03/2018

Coordenador: Kelse Tibau de Albuquerque

Resumo:
O projeto toma por base a educação, como forma de desenvolver conhecimento e com este contribuir na redução da pobreza, que é um dos objetos para o desenvolvimento do milênio, da Organização das Nações Unidas. Visa proporcionar através da educação informal o despertar de habilidades técnico-científicas através da vivência no complexo laboratório-biotério-universidade-sociedade, para a orientação de jovens e estímulo à qualificação superior ou técnica com vistas ao mercado de trabalho. Entretanto o projeto não é apenas técnico, as atividades acontecem em meio a discussões conceituais de pesquisa científica, desenvolvimento humano e da sociedade, com o propósito de tornar os jovens participantes, formadores de opinião e difusores do conhecimento da importância da pesquisa, compartilhando aspectos positivos e negativos, bem como o que precisa ser modificado para o desenvolvimento da sociedade, aprendendo de que maneira a pesquisa pode contribuir para o bem-estar social. Evidências científicas estabelecem a educação como condição ou estratégia para a ruptura do círculo da pobreza, sendo demonstrado que o nível de formação favorece mais oportunidades de trabalho e de salários e assim o rompimento do ciclo. A efetiva ação resulta em estudantes com maior conhecimento técnico-científico, pensamento questionador, crítico e reflexivo e consciente das contribuições que a pesquisa científica tem na transformação da sociedade.

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ