Período: 01/08/2017  à  30/12/2019
Coordenador: Ana Paula Medeiros Menna Barreto

Resumo:
As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) são as principais causas no mundo de mortes prematuras, perda de qualidade de vida com alto grau de limitação nas atividades de trabalho, lazer, além de impactos econômicos para sociedade em geral. No Brasil, estas constituem o problema de saúde de maior magnitude e são responsáveis por 72,0% das causas de óbitos, com destaque para doenças do aparelho circulatório; atingem indivíduos de todas as camadas socioeconômicas e, de forma mais intensa, aqueles pertencentes a grupos vulneráveis (indígenas, idosos, indivíduos de baixa escolaridade e renda). Os processos de transição demográfica, epidemiológica, nutricional, a urbanização, o crescimento econômico e social contribuem para um maior risco de desenvolvimento de DCNT e seus principais fatores de risco são o tabagismo, alimentação inadequada, sedentarismo e consumo alcoólico, com estreita relação com sobrepeso e obesidade e consequentemente hipertensão arterial, diabetes mellitus, dislipidemia, dentre outras. Para o sistema de saúde, as DCNT estão entre as principais causas de internações hospitalares e seus custos diretos representam impacto crescente. Apesar do rápido crescimento das DCNT, seu impacto pode ser revertido por meio de intervenções amplas e custo-efetivas de promoção de saúde, para redução de seus fatores de risco, e pela melhoria da atenção à saúde, detecção precoce e tratamento oportuno. Deste modo o projeto tem por objetivo atuar na prevenção das DCNT, desenvolver estratégias relacionadas à promoção de saúde e educação alimentar, auxiliando no processo saúde/doença e de qualidade de vida de adultos e idosos hospitalizados na rede pública de Macaé.
Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

UFRJ Campus Macaé
Desenvolvido por: TIC/UFRJ